Logo

Psicoterapia

free template

A Psicoterapia é um processo de mudança e de transformação baseado em consultas regulares, em que a relação de confiança e confidencialidade entre o paciente e o psicoterapeuta é um dos pilares fundamentais. O processo terapêutico é iniciado após as duas ou três primeiras consultas, indispensáveis para a avaliação da problemática, da sintomatologia e das expectativas do paciente e para clarificar a metodologia terapêutica mais apropriada.

A Psicoterapia também é procurada por pessoas que têm como objectivo melhorar o seu auto-conhecimento e potenciar as suas próprias competências pessoais.

A Psicoterapia Psicanalítica inspira-se nos pressupostos teóricos e técnicos da Psicanálise em que é privilegiado o mundo interno do paciente, inerentemente subjectivo. Através da vivência de afectos, atitudes e narrativas na relação com o psicólogo, a Psicoterapia Psicanalítica proporciona um espaço próprio, adequado e promotor da exteriorização de fantasias, estados mentais e modos de relacionamento, reveladores do funcionamento da mente.

O objectivo primordial da Psicoterapia Psicanalítica não é apenas o alívio dos sintomas, mas também a promoção do crescimento psíquico do paciente, sem que subsista qualquer tipo de laço de dependência. Pretende-se sim, criar, na sua estrutura psíquica, uma capacidade de análise dos sistemas relacionais que lhe permitam viver mais livre, autónomo e, logo, mais feliz.

Sentimentos positivos como a melhoria do auto-conhecimento, da auto-estima, da força emocional, da capacidade para reconhecer e lidar com os próprios sentimentos, melhoria no seu relacionamento com os outros e com as várias situações que a vida lhes impõe e de garantir a sua própria autonomia interna, são ganhos que os pacientes referem no final de uma psicoterapia de sucesso. Para que tais mudanças aconteçam, a oportunidade para reflectir, isto é, para falar e pensar profundamente com o psicoterapeuta enquanto sujeito empático, compreensivo, confiável e imparcial, é considerado como de especial importância para a promoção da mudança.

O que distingue a Psicoterapia Psicanalítica da Psicanálise clássica é fundamentalmente o setting (não é utilizado o divã), a frequência e número das sessões que, como tal, resultam numa abordagem da vida emocional e interior do paciente, menos aprofundada. Ainda assim, o seu objectivo primordial é, acima de tudo, restaurar o crescimento psíquico e melhorar a capacidade de lidar com a realidade.